Receba nossa newsletter e fique por

dentro das dicas e novidades da clinica Len   

 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone

desenvolvido por @onebranding

Leites e Fórmulas -
Qual é a diferença?

Existem à disposição no mercado dezenas de tipos de fórmulas lácteas, fórmulas de soja, leites específicos para crianças, entre outros. Mas qual é a diferença entre eles? Quando devemos utilizar cada um deles?

 

LEITES INTEGRAIS

 

São aqueles leites que não sofreram modificações na sua composição - são "leite" puro, eventualmente acrescidos de vitaminas ou sais minerais, açúcar, mel, etc. Neste grupo estão os leite em pó infantis (Todos os tipos de Ninho®), leites frescos tipos A e B, leites integrais UHT e longa vida e outros leites em pó.
São Indicados só para as crianças após 2 anos de idade. Na prática, não há diferenças entre o uso de cada um deles. O que varia é o gosto, açúcar, apresentação comercial, etc. Se for usar leites longa-vida, preste atenção para que não haja componentes químicos na formulação.
Os leites desnatados e semi-desnatados só devem ser utilizados rotineiramente para as crianças sob indicação médica, por apresentarem baixo teor de gorduras e calorias.

COMPOSTOS LÁCTEOS OU LEITES DE CRISCIMENTO

Há poucos anos foram lançados no mercado os Compostos Lácteos. São indicados a partir de 1 ano de idade (idealmente 2 anos de idade), até os 5 anos de idade. São bastante semelhantes às fórmulas lácteas, porém menos completos - ainda que ideais na faixa etária indicada. Contém sempre gordura de origem vegetal, e são acrescidos de sais minerais e vitaminas, além de DHA.
Comercialmente conhecidos como: Neslac Comfor ou Supreme, Milnutri Profutura e Enfagrow. Ninho Fases+ 

(não comtém DHA)

FÓRMULAS LÁCTEAS

 

As fórmulas são compostos em que se usa a proteína isolada do leite de vaca e os componentes são balanceado nutricionalmente, de acordo com recomendações internacionais (da Organização Mundial de Saúde). A gordura, os açúcares, os sais minerais e vitaminas e o ferro são acrescidos de fontes separadas em proporções exatas. São próprias para as crianças desde o nascimento até os 24 meses de idade.
A vantagem em relação ao leite integral encontra-se justamente em proporcionar as quantidades exatas dos micronutrientes no 1º ano de vida, particularmente o ferro, cuja absorção no leite integral é praticamente nula, além da gordura de fontes vegetais, e os micronutrientes ausentes nos leites de vaca in natura.
Nomes comerciais: NAN Supreme ou Comfor, Aptamil Profutura ou Premium, Enfamil Premium.

FÓRMULAS DE SOJA

 

São como as fórmulas lácteas, mas no lugar da proteína isolada do leite de vaca é utilizada a proteína isolada de soja. O valor nutricional é o mesmo em relação às fórmulas lácteas, tanto em proteínas como em calorias e em todos os nutrientes necessários.
A indicação das fórmulas de soja são as crianças com intolerância à proteína do leite de vaca e/ou à lactose (conhecidas como "alergia ao leite de vaca")
As fórmulas disponíveis são NAN SOY®, Aptamil Soja®. Indicação mínima a partir dos 6 meses de vida.


FÓRMULAS ESPECIAS

 

Para as crianças com intolerâncias e alergias alimentares mais importantes ainda dispomos das fórmulas hidrolisadas, semi-elementares e elementares, que são fórmulas à base de hidrolisados protéicos ou aminoácidos puros, que raramente são intolerados.
Nomes comerciais: NAN HA e NAN Sensitive, Aptamil Pepti e Aptamil HA, Alfaré, Enfamil Gentlease, Pregomin, Neocate.
 

LEITES DE SOJA

 

No mercado encontram-se leites de soja, como o Suprasoy sem lactose®, Soymilke®, Soyos Milk ®, entre outros. Sua diferença em relação às fórmulas de soja é que estes leites não obedecem às recomendações da OMS para a alimentação no primeiro ano de vida. Portanto são indicados para as crianças "alérgicas" aos leites de vaca maiores de 1 ano de idade. 
É como se fossem "leites integrais" de soja. Muitos deles inclusive são aromatizados, o que melhora sua aceitação. Seu preço é menor que o das fórmulas de soja e podem ser usados a partir de 1 ano de idade.
 

Existem outras bebidas à base de soja, como o Ades® e Tonyu® , que não substituem os leites. De uma forma geral, estas bebidas NÃO contém cálcio. 
 

Sempre confira nas informações nutricionais: o necessário, em caso de substituição do leite de vaca por bebidas à base de soja, é que elas contenham:
 

- 200 mg de cálcio (ou mais) por 200 ml e
- 6,0 g de proteínas (ou mais) por 200 ml 

LEITE DE CABRA

 

Os leites de cabra são opções para as crianças que intoleram a proteína de leite de vaca. Os leites de cabra podem conter traços de lactose, por isso não são largamente utilizados nas crianças alérgicas. 
Atualmente estes leites são liofilizados (em pó) e acrescidos das vitaminas necessárias. Também são encontrados em forma 'longa vida' e aromatizados.

 

Nomes comercias: Scabra®, Caprilat®, etc.

Lembramos que a utilização dos diferentes leites e fórmulas lácteas tem grande importância no crescimento e desenvolvimento nos primeiros anos de vida. O uso e prescrição devem ser feitos pelo pediatra, de acordo com as características de cada criança.