Receba nossa newsletter e fique por

dentro das dicas e novidades da clinica Len   

 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone

desenvolvido por @onebranding

Fumo Passivo -  
Criança é a principal vítima

Um dos lugares onde a saúde da criança corre mais risco é a própria casa. Estudos mostram que crianças cujos pais (tanto o pai quanto a mãe) fumam dentro de casa têm 40% mais chances de desenvolver infecções respiratórias, como bronquite e pneumonia. As pesquisas mostram que quanto mais fumantes dentro de casa, maior o risco. Um domicílio com mais de dois fumantes faz o risco de infecções superar os 50%.

Segundo Ricardo Meirelles, do Instituto Nacional do Câncer (Inca), fumante passivo é a pessoa que convive com fumantes em ambientes fechados, como casas e empresas.

Os males causados pelo fumo passivo já estão comprovados cientificamente. Hoje, sabe-se que a exposição à fumaça do cigarro pode causar câncer, doenças cardiovasculares, asma e até a morte. Nos Estados Unidos, 50 mil pessoas morrem por ano por causa do fumo passivo, um quinto delas de câncer de pulmão. 

Segundo Meirelles, existem 4.720 substâncias tóxicas na fumaça do cigarro. A fumaça tragada pelo fumante, porém, tem menor quantidade dessas substâncias, devido à existência de um filtro no cigarro. A fumaça que fica no ar te três vezes mais nicotina, três vezes mais monóxido de carbono e 50 vezes mais substâncias cancerígenas. 

Nos últimos meses, a Agência de Proteção Ambiental, do governo americano, apresentou mais de 30 estudos epidemiológicos associando o fumo passivo ao câncer e as doenças cardiovasculares. Meirelles disse que a controvérsia sobre o assunto quase não existe mais: 
”- A indústria do tabaco é a única que resiste a enxergar as evidências dos males causados pelo fumo passivo.”
Para se comprovar os efeitos da nicotina sobre um não fumante, mede-se o nível de cotinina na urina. A cotinina é um subproduto da nicotina que permanece de 36 a 48 horas no corpo após a pessoa ter sido exposta à fumaça do cigarro. Se o exame detecta a substância, fica provado que nicotina penetrou no organismo do fumante passivo.